1914 Nasceu, na noite de 29 de julho, em Porto Alegre, RS. Vem, com seus pais, para Curitiba, aos seis meses de idade.

Seu pai, militar, é transferido para o Rio de Janeiro, para onde vai com a família.

Terminou o curso primário na Escola Delfim Moreira, no Rio de Janeiro. Foi instruído também, e substancialmente, pelo seu avô paterno Francisco Gonçalves Miranda.

Ingressou no Colégio Militar do Rio de Janeiro, iniciando seu curso secundário.

1931   Tornou-se reservista do Exército Nacional.

1932   Terminou o curso secundário no Ginásio Catarinense, em Florianópolis, SC.           

1932   Manifestou seus dotes literários em singela poesia.

1933   Iniciou o curso médico na Faculdade de Medicina da Universidade do Paraná.

Cursando o 3º ano de Medicina, mostrou sua predileção pelo estudo e combate à lepra, como interno voluntário no então “Leprosário São Roque”, em Piraquara, PR até sua formatura em 1938.

1937   Publicou, na Rev. Médica do PR, seu segundo trabalho de pesquisa em lepra.

1938   Diplomou-se em Medicina pela Universidade do Paraná.

1939   Foi nomeado “Médico para Lepra” do Centro de Saúde de Curitiba. Organizou e passou a dirigir o Dispensário de Doenças da Pele da Capital, destinado aos hansenianos não hospitalizados.

1939   Cursou, durante um ano, o Curso de Sanitarista da Secretaria de Saúde do Paraná.

1940   Foi nomeado diretor do então Hospital Colônia São Roque. Já casado com a professora Hespéria Gradowski passou a residir, com ela, nesse hospital, até 1946, período em que nasceram seus dois filhos.

1942   Deu início às suas atividades docentes como assistente da Cadeira de Doenças Tropicais da Universidade do Paraná.

1943   Prestou concurso, com defesa de tese, para Docente-Livre na Faculdade de Medicina do Paraná, sendo aprovado plenamente.

1943   Alistou-se no Exército Nacional e freqüentou o Curso de Medicina Militar da 5ª Região Militar.

1943   Foi nomeado, pelo Presidente da República, 1º tenente médico R/2 do Exército Brasileiro.

1944   Aprovado em 1º lugar no Curso de Lepra do Ministério da Saúde, de seis meses, realizado no Rio de Janeiro.

1944   Aceito como Sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

1947   Prestou concurso, com defesa de tese, sendo aprovado Professor Catedrático de Dermatologia e Sifilografia da Universidade do Paraná.

1947   Organizou o Ambulatório de Dermatologia da Santa Casa e deu início ao seu atendimento gratuito, até 1957.

1949   Membro do Conselho Técnico-Administrativo da Faculdade de Medicina da Universidade do Paraná.

1949   Aceito Sócio Efetivo do Centro de Letras do Paraná.

1949   Sócio Efetivo e depois honorário do Colégio Ibero-Latino Americano de Dermatologia.

1950   Vice-Diretor em exercício da Faculdade de Medicina da Universidade do Paraná.

1953   Publicou o livro “Em Viagem pela Europa”, após realizar estudos naquele continente.

1954   Lecionou, gratuitamente, Dermatologia, na Escola de Enfermagem “Madre Leoni”; também até 1956, contribuindo para a criação da PUC-PR.

1957   Sócio correspondente da Associação Argentina de Dermatologia e Sifilografia.

1957     Homenageado pela Comissão de Formatura dos novos médicos da UFPR.

1959   Membro fundador do Conselho Regional de Medicina do Paraná e tesoureiro de sua primeira diretoria.

1959   Eleito Membro Efetivo da Academia de Letras José de Alencar, ocupando a cadeira “Emilio de Menezes”.

1959   Organizou o ensino da Dermatologia na nova PUC-PR, sendo seu primeiro professor, gratuitamente, até 1961.

1960   Fundou, na Universidade Federal do Paraná, o Centro de Estudos Leprológicos Souza Araújo - CELSA, sendo seu diretor até 1984.

1960   Organizou e prelecionou, no CELSA, o 1º Curso anual de Leprologia, também realizado nos três anos seguintes.

1961   Fundou a revista científica “Publicações do Centro de Estudos Leprológicos”, editada durante 30 anos.

Foi eleito Vice-Presidente da Associação Médica Brasileira.

1962   Presidente da Comissão de Ensino da Associação Médica Brasileira.

1963   Membro da ILA (International Leprosy Association).

1965   Foi eleito presidente da Academia de Letras José de Alencar, em Curitiba.

1967   Publicou seu livro texto de Dermatologia.

1968   Eleito presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

1968   Recebeu o “Premio Nacional de Leprologia” com seu trabalho de pesquisa apresentado à Sociedade Brasileira de Leprologia.

1973   Recebeu a medalha de ouro dos Cavaleiros da Ordem do Mérito da Polônia, por serviços prestados aos combatentes na II Guerra Mundial.

1973   Publicou o livro “Uma Introdução à Odontoleprologia”.

1974   Na Argentina foi “Presidente Honorário de Sessiones” do II Congresso Argentino de Dermatologia.

1975   Publicou o livro “Uma Viagem Científica no Brasil e na Argentina”.          

1977   Eleito Membro Correspondente da Academia Mexicana de Dermatologia.

1977   Publicou o livro “Urgências em Dermatologia e Estomatologia”.

1978   Eleito Membro da Academia Paranaense de Letras, ocupando a cadeira nº 25.

1978   Em viagem de estudos à Antártida escreveu e publicou livro intitulado “Viagem à Antártida”.

1978   Eleito Sócio Honorário da Sociedade Brasileira de Hansenologia.

1978   Recebeu o diploma de Honra ao Mérito outorgado pela Universidade Federal do Paraná.

1978   Sócio Efetivo do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná.

1980   Foi agraciado, pela Soberana Ordem do Sapo, Curitiba, com o título de “Barão de São Roque”.

1981   Publicou livro lítero-filosófico intitulado “Viagem Através da Vida”.

1981   Recebeu o diploma de “Doutor em Medicina” outorgado pela Universidade Federal do Paraná.

1982   Prelecionou, em Lisboa, Portugal, dois cursos de temas dermatológicos, relacionados a pesquisas feitas no CELSA.

1982   Eleito Membro Honorário do Instituto Paranaense de História da Medicina.

1982   Eleito Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores.

1982   Membro da Comissão para Assuntos Internacionais da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

1982   Recebeu a “Cruz do Mérito Médico” do Paraná.

1983   Agraciado com o diploma de Vulto Emérito de Curitiba pela Câmara Municipal da cidade.

1984   Eleito Presidente da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores.

1984   Aposentado compulsoriamente como Professor Catedrático da UFPR, continuou trabalhando, na qualidade de Pesquisador, no CELSA, até 1992.

1985   Titulado Professor Emérito da Universidade Federal do Paraná.

1989   Deu conhecimento, através dos Anais Brasileiros de Dermatologia, da obtenção de culturas de micobactérias em plasma humano.

1989   Recebeu o diploma de “Mérito Ético Profissional” do Conselho Regional de Medicina do Paraná.

1990   Instituidor, em Curitiba, da Fundação Pró-Hansen e seu primeiro presidente.

1990   Conseguiu a síntese da orto-mono-iodo-diamino-difenil-sulfona, para o tratamento da hanseníase.

1991   Recebeu o diploma do “Mérito Cultural” do Centro Paranaense Feminino de Cultura.

1992   Foi demitido como pesquisador do CELSA.

1993   Agraciado pela Assembléia Legislativa, com o título de “Cidadão Benemérito do Paraná.

1995   Sócio Jubilado da Associação Médica Brasileira.

1995   Homenageado pelo Clube Curitibano, por seus 50 anos de sócio contribuinte.

2000   Premiado, em 1º lugar, pelas Academias de Medicina do Brasil, pela apresentação de seu trabalho “Neologismos de Interesse Médico”.

2000   Recebeu o diploma de “Mérito Médico Nacional” das Academias de Medicina do Brasil.

2002   Homenageado pela Academia Paranaense de Medicina.

2003   Recebeu o prêmio “Destaques na Medicina, Ensino e Pesquisa” outorgado pela Associação Médica do Paraná.

Foi eleito Sócio Honorário da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

2005   Homenageado, em 31 de janeiro, pela Comunidade Bahá-i de Curitiba.

Deu publicidade, nos Anais Brasileiros de Dermatologia, dos resultados positivos sobre a obtenção de imunidade em hansenianos imunodeficientes.

Homenageado, em 22 de junho, pelo Centro Social Franciscano - SEFRAS.

2006  Ao completar seus 92 anos de idade, conta mais de 200 publicações científicas e cerca de 1.500 artigos culturais, no jornal “Gazeta do Povo”, de Curitiba. Sua última contribuição à esta coluna foi o artigo "Porquê".

Entre 2006 até o dia 16 de Maio de 2010, participou efetivamente das decisões administrativas e também fazia atendimentos aos pacientes da Fundação Pró-Hansen.

2010  Recebe em 26 de Maio de 2010 a "Menção Honrosa" da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná pelo seu comprometimento e relevante trabalho para o controle da hanseníase no Estado do Parana.

2010  27 de Maio de 2010 falece com 95 anos deixando um legado sem precedentes para a saúde e a sociedade brasileira.

gallery/prof ruy miranda
gallery/fph_prof ruy miranda
gallery/dr ruy_escritório celsa